sábado, janeiro 16, 2010

Uma proposta

A dívida do Estado é, como se sabe, gigantesca. E enquanto uns querem afastar o assunto da mesa, outros tentam avisar a população que os benefícios da dívida para esta geração serão pagos - por impostos - pela geração seguinte, e a seguinte e a seguinte: sem benefícios. Ora, eu venho oferecer uma solução mais radical mas mais justa: que a dívida do Estado seja paga pelas pessoas que a contraíram, isto é, deputados, governantes, secretários de Estado, etc. Mesmo que tenha sido em nosso nome, não fomos nós que nos endividámos - foram eles que se endividaram por nós. É apenas justo que sejam eles a pagar.