segunda-feira, julho 12, 2010

O liberalismo de uns e de outros (VIII)

Será que «sair da UE» é o mesmo que «fechar o país ao exterior»? Henrique Raposo parece pensar que sim. Como para ele o liberalismo vem depois, muito depois, do status quo político, é obvio que Raposo não acredita que se possa, simultaneamente, não estar na UE e não ser proteccionista. Mas vamos perguntar ao Henrique Raposo como é possível que a Suiça ou Hong Kong não façam parte de uma entidade supra-nacional e sejam, apesar disso, países economicamente livres.

O que Raposo realmente nos quer dizer é que o proteccionismo, o inflacionismo e o intervencionismo em grande escala da UE é muito melhor que qualquer limitado proteccionismo, inflacionismo e intervencionismo nacional. E todos sabemos que a centralização política e monetária é o caminho para a liberdade.