sexta-feira, julho 01, 2011

Them Poor Old Slaveholding Founders Need All the Help They Can Get

«Walter Williams writes:

Here’s my hypothesis about people who use slavery to trash the Founders: They have contempt for our constitutional guarantees of liberty. Slavery is merely a convenient moral posturing tool as they try to reduce respect for our Constitution.

Well, I don’t regard slavery as “merely a convenient moral posturing tool,” but yes, I do have contempt for the Constitution’s so-called guarantees of liberty, and I am certainly out to try to reduce respect for that statist and statism-enabling document. So yes, he’s essentially right about people like me.»

Roderick T. Long, aqui.

2 comentários:

Anónimo disse...

Não sei é como se consegue manter a sanidade dessa perspectiva, ou como se consegue manter o mínimo de interesse pela sociedade.
Se esse país não tivesse esse documento, provavelmente outros países estariam numa situação muito pior. Graus absolutos na análise das coisas não levam a grande coisa.
"vamos discutir o estado?"
"Não vale a pena, sou contra a escravatura."
"pá aquele documento até tinha umas coisas interessantes..."
"nã... é escravatura"

tiago

RBR disse...

não é apenas a escravatura. a constituição americana, mais do que garantir liberdades para os americanos, instituiu um Estado centralizado e constituiu um recuo na autonomia dos estados em relação à sua situação com os artigos da confederação.

depois, existe, para mim, o problema de que uma constituição, mesmo que seja feita para limitar o Estado, tem por definição de ser interpretada por esse mesmo Estado, e logo todas as suas limitações e checks and ballances acabam sempre por ser sobrepostas pelos interesses pessoais e pela ânsia de poder.

agora, claro que existem algumas boas coisas na constituição, e que é melhor tê-las do que não tê-las. mas que são inúteis quanto ao problema de limitar o Estado, são. é só olhar para a América hoje e observar como a constituição não limita coisa nenhuma.

e por fim, deixo o George Carlin sumarizar o meu pensamento, algo cínico, sobre os founders: "they were a bunch of slaveowners who wanted to be free". até podem ter escrito coisas interessantes, mas certamente não as entendiam da mesma forma para brancos e pretos.