segunda-feira, maio 21, 2012

Mudam-se as moscas...

Custa-me a entender o alvoroço perante a aberrante normalidade do "caso Miguel Relvas". A coisa é condenável? Claro que sim. Mas só gente muito crédula se surpreende. Enquanto houver poder para tal, abusá-lo não é uma anomalia: é a consequência lógica.

Da mesma forma, quem esperava que Passos Coelho condenasse, e demitisse, o ministro Relvas só pode pertencer à mesma espécie que esperava um PSD liberal.

Como se costuma dizer: só se desilude quem tem ilusões. Mudam-se as moscas... e o resto já se sabe.

Sem comentários: